TJD decide por absorver os clubes de acusação de jogadores irregulares

Nacional, Rio Negro e Penarol foram absolvidos da acusação de utilizarem jogadores irregulares. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD-AM) na noite desta terça-feira (16). A votação dos auditores do tribunal terminou empatada em 4 a 4 e o voto de Minerva foi dado pelo presidente do Tribunal, Edson Rosas, que votou a favor da absolvição dos clubes.

As semifinais do Campeonato Amazonense serão entre Nacional x Princesa do Solimões, Fast x Manaus. As datas devem ser definidas até o fim da semana.

A votação

O primeiro auditor a votar foi o relator do processo, Ruy Mendonça, que é vice-presidente do TJD-AM. Ele optou pela punião das três equipes. Com perda de 12 pontos e multa de R$ 1 mil para o Nacional; – 9 para o Rio Negro, mais multa de R$ 1 mil; e 10 pontos e multa de R$ 1 mil para o Penarol. Na sequência, os demais foram votando até chegar em 4 a 4. Foi quando o presidente do tribunal, Edson Rosas Júnior, deu o voto de minerva pela absolvição.

 

 

Comments

comments